Árvore de flores vermelhas

Ela sentiu o calor dos teus olhos gigantes, sentiu o calor de teu sorriso. Olhou para ti e fugiu.
Fugiu com medo da felicidade encontrada em tal esquina esquecida. Fugiu de pavor de ser olhada e admirada…
Fugiu da atenção recebida só para ela, mas ela viu que era pura bobagem fugir daquilo que não se pode, então ela se entregou nos teus braços e tu com teus olhos a amou, a fotografou, a emoldurou na parede do teu coração e com o vento ela dissipou suas folhas vermelhas.
Vermelhas igual ao sangue que corre em teu coração, no teu corpo, em você.  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s