Despir

Despir-me naquela poesia, como um músico se despe na música, tirando cada peça de dor, cada peça de amor, cada peça de lembrança e saudade.
Eu estou despindo meus sentimentos, outra vez, mas quero sempre que se lembre o quão nítido isso fica quando escrevo sobre você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s